Minha lista de blogs

terça-feira, 22 de março de 2011


'Um dia compreendi que não se morre disso, e mergulhei. Meu mergulho foi fundo, foi denso, e foi bom. Nadei oceanos, rompi os diques de minhas represas, caminhei por tempestades de areia. Depois sentada sobre as dunas que se formaram, lá do alto, presenciei belezas transcendentais. Milagres aconteceram. Vi coisas que não se veem normalmente ... '



[Maitê Proença]

.

2 comentários:

Um pouco de mim disse...

Pois é, as vezes, pra vermos além do que se vê, é preciso desejar e crer que existe algo pra ser visto.
Lindo pensamento. Bjokas Alê! :)
Boa semanainha pra ti que amuu

JORDAS disse...

Descobrir o novo, mesmo quando se desvela o já visto é uma sensaçõa única.
Olhar do alto e ter a noção da beleza do horizonte é tocar o céu com os dedos das palavras.